segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

De minhocas a batalhas...

"Porém o Senhor disse [a Gideão]: Paz seja contigo;
não temas." Juízes 6.23


Um menino tinha dez anos quando foi à pesca pela primeira vez. Quando olhou para o recipiente das iscas pareceu hesitante em começar. Finalmente disse ao seu pai:

 - Ajude-me, E-T-M-M.

Quando seu pai lhe perguntou qual era o problema, Cleotis respondeu:

 - E-T-M-M! Eu Tenho Medo de Minhocas!.

O seu medo impedia-o de agir.


O medo pode também paralisar os adultos. Gideão deve ter tido medo quando o anjo do Senhor veio a ele enquanto malhava o trigo em segredo, escondendo-o dos seus inimigos midianitas (Juízes 6.11). O anjo disse que ele tinha sido escolhido por Deus para conduzir o Seu povo na batalha (versículos de 12 a 14).

Qual a resposta de Gideão?

 - Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que o meu milheiro é o mais pobre em Manassés, e eu, o menor na casa de meu pai. (versículo 15).

Depois de estar seguro da presença do Senhor, Gideão ainda pareceu ter medo e pediu-Lhe sinais de que o iria usar para salvar a Israel tal como Ele prometera (versículos de 36 a 40). E Deus respondeu aos pedidos de Gideão. Os israelitas tiveram sucesso na batalha e depois puderam desfrutar de paz durante 40 anos.

Todos nós temos medos de vários tipos - desde medo de minhocas a medo de batalhas. A história de Gideão ensina-nos que podemos estar confiantes de que se Deus nos pede que façamos algo, Ele dar-nos-á a força e o poder para o realizarmos.

Para afastar o medo de viver,
põe a tua fé no Deus vivo.


@thimarins

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Promessas decepcionantes

 
"Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração."
Salmos 37:4

Será que alguma promessa da Bíblia te decepciona? Algumas pessoas dizem que o Salmo 37:4 é uma garantia de que adquirirás tudo o que desejares - esposa, emprego, dinheiro. Às vezes me questiono: porque razão não tenho o que quero?

Quando uma promessa nos decepciona porque parece que Deus não a está a cumprir, isso se deve por não compreendermos o que o versículo realmente significa. Eis três sugestões para ajuda, usando o Salmo 37 como exemplo:

1. Considera o contexto. Este Salmo apela para não nos preocuparmos nem termos inveja dos que praticam o mal. A nossa concentração não jaz no que eles têm, nem naquilo de que parecem escapar (versículos 12 e 13). Ao invés disso, é-nos ordenado para confiarmos e deleitarmo-nos no Senhor (versículos 3 e 4).

2. Considera outros versículos. Somos ensinados em I João 5:14 que os nossos pedidos precisam concordar com a vontade de Deus para nós. Outros versículos sobre este tópico podem dar-nos um equilíbrio.

3. Consulta um comentário da Bíblia. No comentário The Treasury of David (O Cofre de David) C. H. Spurgeon diz o seguinte sobre o versículo 4: "[Os] que se deleitam em Deus não desejam nem pedem nada que não Lhe agrade."

Estudarmos um pouco mais aprofundadamente pode ajudar-nos a compreender versículos da Bíblia como este, considerados decepcionantes. Quando aprendemos deleitarmo-nos no Senhor, os Seus desejos tornam-se nossos e Ele concedê-los-á.

NÃO PODES QUEBRAR AS PROMESSAS DE
DEUS AO FIRMARES-TE NELAS


@thimarins

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A resposta é NÃO!

"Então David se levantou da terra... entrou na casa do Senhor, e adorou"
II Samuel 12:20
 
As crianças são muito encantadoras e inocentes - até ao momento em que os pais dizem não às suas exigências. Quando isso acontece, algumas crianças gritam incontrolavelmente, insistindo no que querem.

Conheço muitos casais que, quando seus filhos eram pequenos, pensavam que era importante que eles aprendessem a aceitar um não como resposta. Sentiam que isto os ajudaria a lidar melhor com as desilusões da vida. Oravam também para que isso os ajudasse a submeterem-se à vontade de Deus.

A leitura de hoje relata a admissão da culpa do rei Davi quando confrontado por Natã. David foi perdoado, mas Deus fez recair a consequência do seu pecado no bebê concebido fora do matrimônio. David jejuou e orou ao Senhor dia e noite pela cura do filho. Apesar das suas petições sinceras, o bebê morreu.

Em vez de se comportar como uma criança impertinente, exigente, e ficar zangado com Deus, David levantou-se da terra, lavou-se, ungiu-se, mudou de vestes; e, "entrou na casa do Senhor, e adorou" (II Samuel 12:20). As ações dele ensinam-nos uma lição importante: Por vezes temos que aceitar um não de Deus como resposta às nossas petições.

Eu mesmo tenho recebido tantos 'NÃO' de Deus... confesso que meu coração anda muito apertado com um 'não' específico, mas Ele sabe o que é melhor para cada um de nós. Aprendi que em tempos de dificuldade ou perda, devemos buscar a ajuda e libertação de Deus. Mas ainda temos que confiar no Senhor se Ele não responder às nossas orações do modo que queremos.

Já aprendeu a receber um não como resposta?



@thimarins

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Mais do que desejar

"O vosso Pai sabe o que vos é necessário
antes de vós Lho pedirdes." Mateus 6:8



Quando C. S. Lewis era criança, ele gostava de ler os livros de E. Nesbit, especialmente o livro 'Cinco Crianças e Ele'. Neste livro, irmãos e irmãs em férias de verão descobrem uma velha fada de areia que lhes concede um desejo todos os dias. Mas cada desejo trazia às crianças mais problemas do que felicidade pois não podiam prever os resultados ao adquirirem tudo o que pediam.

A palavra de Deus nos diz para tornarmos conhecidos os nossos pedidos a Deus (Filipenses 4:6). Mas a oração é muito mais que revelarmos a Deus o que queremos que Ele faça por nós. Quando Jesus ensinou os Seus discípulos a orar, Ele começou por lembrar-lhes "O vosso Pai sabe o que vos é necessário antes de vós Lho pedirdes" (Mateus 6:8).

O que apelidamos de "Oração do Pai Nosso" tem mais a ver com o vivermos uma relação crescente de confiança com o nosso Pai celestial, do que obtermos o que queremos d'Ele. Quando crescemos na fé, as nossas orações tornam-se cada vez menos uma lista de desejos e cada vez mais uma conversa íntima com o Senhor.

Quando já estava próximo do fim da sua vida, C. S. Lewis escreveu: "Se Deus me tivesse concedido tudo o que pedi nas orações ignorantes que fiz na minha vida, onde estaria eu agora?"

A oração significa colocarmo-nos na presença de Deus para recebermos d'Ele o que realmente precisamos.

O NOSSO MAIOR PRIVILÉGIO É FALARMOS COM DEUS;


O NOSSO MAIOR DEVER É ESCUTÁ-LO.


@thimarins

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Tenho força nas minhas fraquezas

"Vai, pois, agora, e Eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de falar."
Êxodo 4:12


Moisés, no momento em que Deus o chamou, inventou desculpas. "Ah! Senhor! Eu não sou homem eloquente, nem de ontem, nem de anteontem, nem ainda desde que tens falado ao teu servo; porque sou pesado de boca e pesado de língua" (Êxodo 4:10).

As palavras do versículo indicam que Moisés tinha um problema com a fala - talvez ele gaguejasse. Mas o Senhor disse-lhe: "Quem fez a boca do homem? Ou quem fez o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego? Não sou Eu, o Senhor?" (versículo 11).

As nossas deficiências, as nossas inaptidões, os nossos impedimentos não são acidentes; eles são desígnios de Deus. Ele usa cada uma das nossas falhas para a Sua própria glória. A maneira de Deus lidar com o que chamamos de "limitações" não é removê-las, mas dotá-las de força usando-as para o bem.

No Novo Testamento, o apóstolo Paulo referiu-se a um não específico: a um "espinho na carne" que ele pedia repetidamente ao Senhor para lhe ser retirado (II Coríntios 12.7,8). Mas Deus disse "A Minha graça te basta, porque o Meu poder se aperfeiçoa na fraqueza" (versículo 9).

Paulo aprendeu a "tirar prazer" mesmo das suas dificuldades. "De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo" disse ele (versículo 9) "Porque, quando estou fraco, então, sou forte" (versículo 10).


A força de Deus é melhor revelada na nossa fraqueza.


@thimarins

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Esqueceu-se Deus de ter misericórdia?

"Esqueceu-se Deus de ter misericórdia? Ou encerrou
Ele as Suas misericórdias na Sua ira?" Salmos 77.9



Enquanto visitava, na França, um cemitério militar da Primeira Guerra Mundial, fiquei impressionado com o número de lápides que continham apenas estas palavras: UM SOLDADO DA GRANDE GUERRA: CONHECIDO DE DEUS
O cemitério estava rodeado, em três lados, por três painéis de pedra com os nomes de 20.000 soldados que caíram em batalhas travadas na proximidade. Imaginar a solidão dos homens que morreram na guerra e a angústia das famílias que sofreram nos seus lares era oprimente.

Pode haver momentos na vida em que nos sentimos sós e esquecidos. Tal como o salmista gritamos: "Rejeitará o Senhor para sempre e não tornará a ser favorável? Esqueceu-se Deus de ter misericórdia? Ou encerrou Ele as Suas misericórdias na Sua ira?" Salmos 77.7,9

A resposta ao salmista, por sentir-se abandonado, veio quando Ele se lembrou de tudo o que Deus fizera no passado e meditou na Sua obra maravilhosa e falou dela aos outros (versículos 11 e 12).

Nos nossos momentos mais tenebrosos, podemos lembrar-nos das palavras de Jesus: "Não se vendem cinco passarinhos por dois ceitis? E nenhum deles está esquecido diante de Deus. E até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos" Lucas 12.6,7

Uma coisa importante a ser levada em consideração é que muita gente se prende ao passado, fazendo com que seu presente não seja frutífero e seu futuro marcado por medos e temores. Cansei de passar por situações ruins, mas aprendi com o apóstolo Paulo que "...esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo." Filipenses 3.13,14

Passado é passado. Deve ser lembrado apenas para servir de experiência das coisas boas que vivemos para praticar mais, e das coisas ruins que devemos evitar.

Deus nunca se esquece de nós.

EM CADA DESERTO DE PROVAÇÃO,
DEUS TEM UM OÁSIS DE CONFORTO.
 
 
@thimarins

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Crente pode perder bênçãos?

Recebi no sábado um retorno sobre o meu texto 'Deu mole, perdeu a bênção!' de uma irmã lá de Manaus. Fico feliz quando são levantados questionamentos, isso significa que o povo de Deus tem sede da Sua palavra e teme ser orientado por qualquer tipo de informação. Assim como quando o apóstolo Paulo, em mais uma de suas missões, estava em Beréia, os cristãos locais conferiam nas escrituras para averiguar se o aquilo que Paulo pregava era condizente com a Palavra de Deus. Por conta da pergunta que me foi feita abaixo, senti no coração de criar um post exclusivo à este tema:

eu concordo com o teu texto,mas me responda uma coisa, você acha que o crente pode perder bençãos?

Biblicamente falando, sim. Existem várias passagens que a palavra de Deus nos demonstram que basicamente os únicos que podem fazer com que percamos nossas bênçãos somos nós mesmos!

Como um exemplo, cito o livro de Josué, onde vieram de uma grande vitória pela entrada e tomada da cidade de Jericó (derrubada dos muros de uma forma milagrosa da parte de Deus). Após isso, Josué foi de encontro à cidade de Ai, basicamente muito mais fácil de ser tomada, mas devido ao pecado de Acã (“Prevaricaram os filhos de Israel nas coisas condenadas; porque Acã, filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zera, da tribo de Judá, tomou das coisas condenadas. A ira do SENHOR se acendeu contra os filhos de Israel.” Josué 7.1), olha só o que aconteceu:

"Assim, subiram lá do povo uns três mil homens, os quais fugiram diante dos homens de Ai. Os homens de Ai feriram deles uns trinta e seis, e aos outros perseguiram desde a porta até às pedreiras, e os derrotaram na descida; e o coração do povo se derreteu e se tornou como água." Josué 7.4 e 5

Além de passarem vergonha diante de Ai, ainda tomaram uma bronca danada de Deus. Veja:

Israel pecou, e violaram a minha aliança, aquilo que eu lhes ordenara, pois tomaram das coisas condenadas, e furtaram, e dissimularam, e até debaixo da sua bagagem o puseram. Pelo que os filhos de Israel não puderam resistir aos seus inimigos; viraram as costas diante deles, porquanto Israel se fizera condenado; já não serei convosco, se não eliminardes do vosso meio a coisa roubada. Dispõe-te, santifica o povo e dize: Santificai-vos para amanhã, porque assim diz o SENHOR, Deus de Israel: Há coisas condenadas no vosso meio, ó Israel; aos vossos inimigos não podereis resistir, enquanto não eliminardes do vosso meio as coisas condenadas. Pela manhã, pois, vos chegareis, segundo as vossas tribos; e será que a tribo que o SENHOR designar por sorte se chegará, segundo as famílias; e a família que o SENHOR designar se chegará por casas; e a casa que o SENHOR designar se chegará homem por homem. Aquele que for achado com a coisa condenada será queimado, ele e tudo quanto tiver, porquanto violou a aliança do SENHOR e fez loucura em Israel.” Josué 7.11-15

O crente pode perder bênçãos? Sim! “enquanto não eliminardes do vosso meio as coisas condenadas”...

Lá na frente, SOMENTE quando o pecado foi retirado do meio do povo, Deus deu grande vitória aos Seus filhos (Josué 8)! Se Josué não tivesse seguido às orientações do nosso Deus amado, estaria com esta derrota entalada na garganta até hoje, possivelmente sofrendo consequências terríveis até o fim de seus dias.

Que Deus vos abençoe grandemente!


@thimarins

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Deu mole, perdeu a bênção!

Tenho me preocupado bastante na forma com que pessoas próximas a mim têm perdido bençãos que Deus tem preparado para suas vidas. Este post de hoje tem sido gerado em meu coração a dias, mas devido à correria do trabalho, acabei postergando o que senti no meu coração de passa à você!

Vejo quantas pessoas estavam tão próximas de alcançarem aquilo que tanto desejavam, mas por pura displicência agem como pessoas imaturas, sem o menor senso e acabam atrasando aquilo que Deus tinha preparado para suas vidas.

Como exemplo, gostaria de citar alguns cases de sucesso (Abraão e Isaque) e um de aparente derrota contidos na bíblia sagrada.

Você lembra que Deus havia dado uma promessa a Abraão, que este teria uma descendência tão numerosa quanto as estrelas do céu e a areia do mar, e que seria pai de numerosas nações (Gn 15:17)?

Sara, esposa de Abraão, era estéril. Você sabe o que é estéril? É alguém que não pode ter filhos. Além do mais, eles já eram muito idosos. Isso fez com que Sara duvidasse da promessa do Senhor.

Visitou o Senhor a Sara, cumprindo a Sua promessa (Gn 21:12) e ela deu à luz um filho, que recebeu o nome de Isaque, pois veio trazer riso aos seus pais. Tinha Abraão a idade de 100 anos.

Isaque cresceu e casou-se com Rebeca, que era estéril como Sara. Isaque orou ao Senhor e Rebeca ficou grávida de gêmeos, dando à luz dois meninos: o primeiro era cabeludo e ruivo e recebeu o nome de Esaú; o segundo chamou-se Jacó e nasceu segurando o calcanhar de seu irmão.

Esaú e Jacó eram muito diferentes um do outro. Esaú era caçador e gostava de estar no campo, enquanto Jacó era tranqüilo e gostava mais de estar em casa. Isaque amava mais a Esaú, enquanto Rebeca amava mais a Jacó.

Segundo a cultura hebraica, o filho mais velho tem o direito da primogenitura, de receber bênção maior que o irmão mais novo. Jacó, apesar de ser o mais novo, queria esse direito. Um dia, Jacó fez um guisado muito apetitoso e quando Esaú chegou do campo, cansado e faminto, pediu-lhe um pouco daquela comida. Jacó aproveitou a oportunidade e disse-lhe que daria a comida se ele vendesse o direito da sua primogenitura. A fome falou mais alto e Esaú aceitou o negócio. Assim, Esaú desprezou o seu direito de primogenitura, perdendo a bênção.

Quando Isaque estava bastante velho, já não enxergava mais, chamou Esaú, seu filho mais velho e pediu-lhe que apanhasse uma caça e lhe fizesse uma comida bem saborosa, pois queria abençoá-lo antes de morrer. Rebeca ouviu a conversa, chamou Jacó, mandou que ele pegasse dois cabritos e fez uma comida muito gostosa. Depois vestiu o filho com a melhor roupa de Esaú, colocou sobre suas mãos e pescoço a pele do cabrito, para que ficasse com cheiro de caça e lhe disse para levar a comida e o pão a Isaque, fingindo ser seu irmão, a fim de receber a bênção. Jacó foi, e como seu pai já estava muito debilitado e cego, não percebeu o engano e abençoou José com a bênção de Esaú. Quando Esaú chegou e descobriu o engano do irmão, odiou a Jacó e prometeu matá-lo (Gn 27). Por causa disso, Jacó teve que ir embora de sua casa.

Vamos pensar um pouco sobre essa história:

O plano de Deus para nós é que todos sejamos abençoados, tenhamos uma vida santa, em intimidade com Ele, que sejamos prósperos e cheios da Sua vida. Para isso, desde que o homem pecou no Jardim do Éden, Deus vem levantando na terra homens obedientes a Ele, que O temem e O amam, para formar um povo santo, destemido e temente a Ele. Levantou a Noé, depois a Abraão e continuou o Seu projeto com Isaque, que gerou Esaú e Jacó. Esaú perdeu a bênção por ter dado mais valor a um prato de comida do que ao que Deus lhe tinha dado por ser o primogênito (filho mais velho). As vezes, 'dar mais valor ao prato de comida' significa não abrir mão do nosso orgulho para que tenhamos o melhor de Deus para nossas vidas!

Muitas vezes agimos como Esaú. Damos mais valor às coisas do mundo do que às bênçãos que Deus preparou para nós. Gostamos mais de ir ao shopping, ao cinema, a shows que não edificam, do que estar com o Senhor, ir ao culto, ler a bíblia, orar. Se quisermos ser bem sucedidos em tudo o que fizermos, se quisermos ser homens e mulheres de êxito, abençoados, não podemos ser como Esaú, que preferiu a comida à bênção, e nem como Jacó, que enganou a seu pai e a seu irmão para receber a bênção, tendo que fugir e passar muitas situações difíceis.

Vamos fazer um trato? A partir de hoje, vamos parar de ser afobados e aguardar o tempo de Deus para recebermos as bênçãos que Ele tem para nossas vidas?

@thimarins

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Um coração quebrantado te fará bem!

O que vou falar pode até não soar amável. Você gostaria que teu filho ou um dos teus melhores amigos tivesse o coração partido? Mas e se, por acaso, alguém que você ama tivesse feito algo terrivelmente errado, alguma coisa que certamente partiria o coração de Deus? Provavelmente, você desejaria que essa pessoa reconhecesse o impacto do que ela fez e consertasse as coisas, mudando os caminhos destrutivos dela.

É exatamente isso que Deus deseja! Ele almeja que, ao afastar-se dele, o seu coração se quebrante. Deseja que você retorne aos Seus braços não apenas porque Ele o ama, mas porque sabe que isso é o melhor para sua vida!

"Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantando; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus."
Salmos 51.17


@thimarins

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Pode se 'achar', você é muito importante!

A luz, a água, a Amazônia, a baleia azul, o sistema circulatório, o sistema solar... Deus criou algumas coisas fascinantes, mas você lidera o topo da lista - você e todas as demais pessoas em que Ele soprou a vida desde o início dos tempos.

Jesus foi enviado para a tera pra salvar todas as pessoas. Nada na criação divina deixou de sofrer as consequências do banimento de Adão e Eva do Paraíso, mas as pessoas foram o único tesouro que Deus considerou digno para mobilizar o que podemos chamar de 'operação de resgate' para salvá-las.

Na próxima vez que você ficar maravilhado com um pôr-do-sol, totalmente encantado com a complexidade de uma flor natural, ou até mesmo sentir-se insignificante enquanto sobrevoa a floresta amazônica, lembre-se de que você é mais importante para Deus do que tudo isso!

"Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das suas criaturas."
Tiago 1.18

@thimarins

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Insatisfação faz você perder a bênção



LOJA DE MARIDO

Foi inaugurada em New York, The Husband Store, uma nova e incrível loja, onde as damas vão escolher um marido. Na entrada, as clientes recebem instruções de como a loja funciona:
Você pode visitar a loja APENAS UMA VEZ!


São seis andares e os atributos dos maridos à venda melhoram à medida que você sobe os andares.


Mas há uma restrição: pode comprar o marido de sua escolha em um andar ou subir mais um.

MAS, NÃO PODE DESCER, a não ser para sair da loja, diretamente para a rua.

Assim, uma dama foi até a loja para escolher um marido. No primeiro andar, um cartaz na porta:

Andar 1- Aqui todos os homens têm bons empregos.

Não se contentando, subiu mais um andar. No segundo andar, o cartaz dizia:


Andar 2 - Aqui os homens têm bons empregos e gostam de crianças.

No terceiro andar, o aviso dizia:


Andar 3 - Aqui os homens têm ótimos empregos, gostam de crianças e são todos bonitões.

“Uau!”, ela disse, mas foi tentada e subiu mais um andar. No andar seguinte, o aviso:


Andar 4 - Aqui os homens têm ótimos empregos, gostam de crianças, são bonitos e gostam de ajudar nos trabalhos domésticos.

“Ai, meu Deus”, disse a mulher, mas continuou subindo. No andar seguinte, o aviso:


Andar 5 - Aqui os homens têm ótimos empregos, gostam de crianças, são bonitões, gostam de ajudar nos trabalhos domésticos, e ainda são extremamente românticos.

Ela insistiu, subiu até o 6º andar e encontrou o seguinte aviso:

Andar 6- Você é a visitante número 31.456.012 neste andar. Não existem homens à venda aqui. Este andar existe apenas para provar que as mulheres são impossíveis de agradar. Obrigado por visitar a Loja de Maridos.


LOJA DE ESPOSAS

Posteriormente, abriu uma loja do outro lado da rua, The Wife Store, também com seis andares e idêntico regulamento para os compradores masculinos.

No 1º andar, mulheres que adoram manter relações sexuais.

No 2º andar, mulheres que adoram manter relações sexuais e são muito bonitas.

Os andares 3, 4, 5 e 6 nunca foram visitados.


***


Quando li este texto, fiquei refletindo sobre a insatisfação que constantemente sonda os nossos corações. Neste caso, usaram o exemplo da exagerada insatisfação das mulheres, que por mais que a cada andar que elas subissem elas viam que aquelas características atenderiam perfeitamente aquilo que elas procuravam, sempre buscavam por mais. Mas isso também acontece com os homens...

Deus, quando nos promete através de Jesus a prosperidade quando O buscamos em primeiro lugar (Mateus 6.33) não se referia apenas às riquezas materiais, mas sim às necessidades que todo homem (ou mulher) busca - não aquilo que desejamos, mas sim aquilo que realmente necessitamos ser saciados.

Existem muitos homens e mulheres que possuem muitas riquezas materiais, mas não tem saúde, paz, alegria... e por mais que eles possam comprar o que o dinheiro permite, não satisfazem suas mais íntimas necessidades.

Fique atento às oportunidades que o Senhor tem te oferecido, a fim de que você não chegue no 'sexto andar' e perca a tua bênção. Peça sabedoria à Deus para não serem ingratos e sempre insatisfeitos com aquilo que Deus tem te dado, pois Ele, melhor do que qualquer um, sabe o que é melhor para cada um de nós.


"Confia no SENHOR e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade. Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração."
Salmos 37.3-4


@thimarins

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Como lidar com a saudade?

Embora distantes fisicamente, o verdadeiro amor une as pessoas. A palavra de Deus diz em I Coríntios, capítulo 13:

   4   O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece,
   5   não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal;
   6   não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;
   7   tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.



Pelos bons pensamentos, pela oração, e hoje em dia até pela internet, telefone, cartas, e vários outros instrumentos podemos estar próximos mesmo estando longe.

Além disso, é preciso também manter o nosso tempo ocupado em atividades que agregam valores eternos.

Este tema me fez lembrar de uma parábola dos dias atuais...


A tempestade e as gaivotas

Gigantesco transatlântico deixava, um dia, o porto de partida, e, como todos os navios que partem, era escoltado por uma nuvem de gaivotas prateadas.

Ao fim de meia hora de viagem, o tempo tornou-se ameaçador. Um vento violento levantava ondas de espuma. Esboçava-se no céu uma tempestade tremenda. Ora, ainda que lutando com toda a força de suas máquinas contra os elementos desencadeados, o possante navio avançava, penosamente, entre as vagas agitadas.

 - “Pobres avezinhas” dizia um viajante que olhava do tombadilho as gaivotas e as lastimava.

 - “As nossas máquinas, que representam milhares de cavalos-vapor, com dificuldade resistem à tempestade. Como podem vocês, com as suas débeis asas, lutar contra o tufão, desamparadas no céu?”

E, de repente, aquele homem que tão compadecido se mostrava pelas avezinhas do mar, ficou atônito. É que as pequeninas gaivotas, estendendo as asas que o Criador do Universo lhes deu, abandonaram o navio na procela e ergueram-se acima da tempestade: passaram a voar numa região serena do céu.

Enquanto isso, o homem, com sua presunçosa ciência lutava, penosamente, para resistir à fúria dos elementos.

Repare bem, meu amigo. Esse navio é o homem que pretende lutar unicamente com meios próprios. As asas das gaivotas são as mãos débeis de quem ora. Pelas asas poderosas da oração eleva-se o homem acima das tempestades da vida e pode voar placidamente, como as gaivotas ligeiras, numa região que jamais será atingida pelos vendavais das paixões.

A palavra de Deus nos ensina em Salmos 1:1 e 2 "Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite."; ou seja, devemos meditar na palavra de Deus a fim de que possamos ocupar a nossa mente conhecendo à Deus e buscando a Sua face.

"Vivifica-me, SENHOR, por amor do teu nome; por amor da tua justiça, tira da tribulação a minha alma."
Salmos 143:11

@thimarins

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

A infelicidade tem isso de bom...

"A infelicidade tem isso de bom: faz-nos conhecer os verdadeiros amigos"
Honoré de Balzac

Honoré de Balzac (Tours, 20 de maio de 1799 — Paris, 18 de agosto de 1850) foi um prolífico escritor francês, notável por suas agudas observações psicológicas. É considerado o fundador do Realismo na literatura moderna. Sua magnum opus, A Comédia Humana, consiste de 95 romances, novelas e contos, que procuram retratar todos os níveis da sociedade francesa da época, em particular a florescente burguesia após a queda de Napoleão Bonaparte em 1815.

Através da frase citada no início do post, pude parar para refletir numa realidade que nos assombra dia após dia. Em nenhum relato histórico afirmam que ele era evangélico, mas esta frase me fez pensar inclusive em alguns fatos que estão de acordo com as sagradas escrituras.

Dura são as palavras do profeta Jeremias, no capítulo 7 e versículos de 5 ao 10:

   5   Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR!
   6   Porque será como o arbusto solitário no deserto e não verá quando vier o bem; antes, morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável.
   7   Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR.
   8   Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto.
   9   Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?
   10   Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto das suas ações.



Duras palavras, mas quão grandiosos são os ensinamentos!

No versículo 5, a palavra de Deus nos adverte sobre depositarmos nossa confiança/esperança no homem e não em Deus, tendo o versículo 6 um exemplo de homens que cometem tal atitude. Já no versículo 7, nos mostra quão bom é depositarmos nossa confiança ÚNICA e EXCLUSIVAMENTE no Senhor, tendo no versículo 8 um exemplo de quão bom é quando nos atentamos para esta verdade.

Quando a palavra de Deus diz que 'enganoso é o coração', nos faz ficar alertas para quando damos muito mais ouvidos aos nossos sentimentos do que com a própria razão. Quantas vezes você já não se arrependeu de ter tomado atitudes na tua vida por conta de um impulso do momento, sem levar em consideração as consequencias de tais atos? Então, este é o enganoso coração, que nos faz agir como tolos sem levar em consideração a razão.

Quando mencionei a frase sobre os verdadeiros amigos, de Honoré de Balzac, pretendia fazer um paradoxo entre as paixões (o que se passa em nossos corações) e a razão (pensamento focado nas consequencias dos atos). Eu particularmente já cansei de me decepcionar com pessoas que se aproximavam de mim como sendo 'a solução dos meus problemas', ou até mesmo como aquele 'amigo de todas as horas'. Quando estamos tristes, magoados ou até mesmo carentes, muitas ofertas nos são oferecidas, mas devemos nos atentar que não devemos depositar nossa confiança no homem (homem ou mulher), mas sim no Senhor. O Espírito Santo é o nosso melhor amigo, e NUNCA NOS ABANDONA NO MOMENTO QUE MAIS PRECISAMOS DE AJUDA.

E graças a Deus pelo Espirito Santo, pois Ele não é egoísta ao pensar nos Seus próprios interesses, mas sempre disposto a nos ajudar como se fosse para Ele mesmo. Tamanho amor é relatador pelo apóstolo Paulo em sua carta aos romanos, capítulo 8 e versículo 26:

"Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis."

Glórias à Deus por tamanho amor!

Prosseguindo na leitura das escrituras, começo a ficar feliz por completo pelo relato do versículo 28. Pois, se por um lado, sofremos muito e o Espírito Santo nos ajuda, este mesmo sofrimento por outro lado tem um propósito maravilhoso. Veja:

"Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito."

TODAS! Você leu bem? TODAS AS COISAS COOPERAM PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS.

Nem tenho mais palavras... que Deus maravilhoso!


@thimarins

domingo, 4 de setembro de 2011

Que vizinha porca!

Um casal, recém-casado, mudou-se para um bairro muito tranqüilo.  Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou através da janela em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido:

  - Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!

O marido observou calado.

Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a mulher comentou com o marido:

  - Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!

E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.

Passado um mês a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido:

  - Veja, ela aprendeu a lavar as roupas! Será que a outra vizinha ensinou??? Porque eu não fiz nada.

O marido calmamente respondeu:

 - Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela!





E é assim...

Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos.

Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir - verifique seus próprios defeitos e limitações.

Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos.  Só assim poderemos ter real noção do real valor de nossos amigos.

Lave sua vidraça.

Abra sua janela.

A palavra de Deus nos ensina no evangelho segundo Mateus, no capítulo 7 e versículos de 1 a 5:

 1   Não julgueis, para que não sejais julgados.
 2   Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também.
 3   Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio?
 4   Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu?
 5   Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão.


Jovem que faz a diferença observa primeiramente a sua própria vida, e ao invés de julgar o irmão que está do seu lado, se preocupa em ajudá-lo.

Vamos fazer a nossa parte, ok?


@thimarins

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Cuidado quando abrir a boca

Sabemos que um dos maiores problemas que enfrentamos para que tenhamos um bom relacionamento entre irmãos, parentes, amigos e namorada(o)/noiva(o)/esposa(marido) é a comunicação falha.

A comunicação é um processo que envolve a troca de informações, e utiliza os sistemas simbólicos como suporte para este fim. Estão envolvidos neste processo uma infinidade de maneiras de se comunicar: duas pessoas tendo uma conversa face-a-face, ou através de gestos com as mãos, mensagens enviadas utilizando a rede global de telecomunicações, a fala, a escrita que permitem interagir com as outras pessoas e efetuar algum tipo de troca informacional.

Para se ter uma idéia, 76% das empresas responsabilizam a falha na comunicação como o principal motivo dos projetos fracassarem. É o que aponta um levantamento realizado pelo PMI (Project Management Institute Brasil), com 300 empresas de grande porte.

"O problema de comunicação é antigo, mas está se tornando mais evidente. Não sabemos escrever bem, não falamos bem o que queremos, não nos relacionamos bem com todos os perfis existentes num ambiente de projeto. Paradoxalmente, estamos na era da tecnologia, em que todas as informações podem chegar a todos imediatamente, estejam onde estiverem", explica o diretor do PMI-Rio, Walther Krause.

Entenda como que uma comunicação clara e objetiva é importante para que venhamos evitar constrangimentos futuros. Para tal, abaixo segue um exemplo de um comunicado no meio corporativo:


***


[Comunicação no meio corporativo]
De: Presidente
Para: Diretor


Na próxima sexta-feira, aproximadamente às 17 horas, o cometa Halley estará nesta área. Trata-se de um evento que ocorre a cada 78 anos. Assim, por favor, reúnam todos os funcionários no pátio da fábrica, usando capacete de segurança, quando eu explicarei o fenômeno a eles. Se estiver chovendo, não poderemos ver o raro espetáculo a olho nu; sendo assim, todos deverão se dirigir ao refeitório, onde será exibido um filme documentário sobre o cometa Halley.


De: Diretor
Para: Gerente


Por ordem do Presidente, na sexta-feira, às 17 horas, o cometa Halley vai aparecer no pátio da fábrica, a olho nu. Se chover, por favor, reúnam todos os funcionários, com seus capacetes de segurança, e os encaminhem ao refeitório, onde o raro fenômeno terá lugar, o que acontece a cada 78 anos.


De: Gerente
Para: Supervisor


A convite do nosso querido Diretor, o cientista Halley, 78 anos, vai aparecer nu, às 17 horas, no refeitório da fábrica, usando capacete, pois vai ser apresentado um filme sobre o raro problema da chuva na segurança. O Presidente levará a demonstração para o pátio da fábrica.


De: Supervisor
Para: Chefe de Produção


Na sexta-feira às 17 horas, o Presidente, pela primeira vez em 78 anos, vai aparecer nu, no refeitório da fábrica, para filmar o Halley, o cientista famoso e sua equipe. Todo mundo deve estar lá de capacete, pois vai ser apresentado um show sobre a segurança na chuva. O Diretor levará a banda para o pátio da fábrica.


De: Chefe de Produção
Para: Funcionário

Todo mundo nu, sem exceção, deve estar com os seguranças no pátio da fábrica na próxima sexta-feira, às 17 horas, pois o Sr. Diretor e o Sr.Halley, (deve ser algum guitarrista famoso), estarão lá para mostrar o raro filme 'Dançando na Chuva'. Caso comece a chover mesmo, é para ir pro refeitório de capacete na mesma hora. O show ocorre a cada 78 anos.


Aviso Geral:

Na sexta-feira o Presidente irá fazer 78 anos e liberou geral pra festa às 17 horas, no refeitório. Vão estar lá, pago pelo manda-chuva, Bill Halley e seus cometas. Todo mundo deverá comparecer nu, apenas de capacete, porque depois, no pátio, uma banda de rock muito louca vai rolar solto, mesmo em caso de chuva.

***
Ao ler este exemplo, confesso que ri de passar mal  rsrsrs. Mas infelizmente é exatamente neste nível de distorção que muitas vezes nós recebemos a informação ou a passamos. Por isso, tome cuidado com o que diz e a forma com que profere as palavras. A palavra de Deus diz em I Pedro 3:10 "Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente".

Meu desejo esta tarde é que Deus te capacite a ser um servo fiel e justo, a fim de que possas ser usado em sabedoria; e em tudo que falardes, seja para edificação de todos.

"A boca do justo profere a sabedoria, e a sua língua fala o que é justo."
Salmos 37:30


@thimarins

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Quando me sinto fraco...

Sei que Deus não me criou para que eu me sentisse derrotado pelos problemas que a vida me apresenta. Deus não me criou para o desânimo que insistente bate à porta de meu coração, sempre que alguma coisa não dá certo.

Ele não quer ver esta ruga que aparece em meu rosto, refletido no espelho, sinal de toda a preocupação que ocupa minha mente. Ele sabe que se hoje as coisas não me parecem bem, amanhã, à luz de um novo dia, elas me parecerão menos graves, do que o impacto que me causaram.

Ele sabe, que não obstante, à pequenez de minha fé, no fundo sei que posso contar
com a Sua proteção. Sabe que eu tenho certeza de que não colocará em meus ombros peso maior do que eu possa suportar. Sabe que eu entendo que essas experiências desagradáveis pelas quais passo em minha vida, servirão apenas para elevar e fortalecer  meu espírito e enriquecer meu conhecimento.

E é por tudo isso que não devo esmorecer. Não devo dar ao meu inimigo, seja ele quem for (físico, moral ou espiritual), o gosto da vitória sobre mim.

Deus me criou para ser amado, principalmente por mim mesmo!

DEUS ME CRIOU PARA VENCER... SEMPRE!



@thimarins

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Ser educado pela mãe ou por traficantes?

Uma australiana inconformada com o fato de o filho ter sido várias vezes flagrado roubando, decidiu fazer o menino de 10 anos passar vergonha pública. Ele foi obrigado a ir para uma rua de Townsville (Queensland, Austrália) com uma placa presa à camisa: "Não confie em mim. Vou roubá-lo, já que sou um ladrão". A sessão de vergonha durou uma hora.

A mãe justificou a medida como a única alternativa que restava após três anos lutando contra os seguidos roubos praticados pelo filho, de acordo com reportagem do "Townsville Bulletin".

 - Eu o levei a uma delegacia e os policiais mostraram a ele as celas. Eu o levei a um tribunal e a um centro para correção de jovens a fim de mostrar como são as coisas. Eu o levei para as lojas de onde ele havia roubado. Eu aconselhei, eu fiz tudo o que eu pude -, afirmou a mulher.

Você concorda com a medida adotada pela mãe?

Para que possamos analisar este fato com uma visão bíblica, vamos recorrer ao manual do ser humano:

"O que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, cedo, o disciplina."
Provérbios 13:24

Por mais que o filho possa achar ruim tal atitude, sua mãe entende que ele precisa sentir o peso da responsabilidade dos seus atos errôneos.

"Não retires da criança a disciplina, pois, se a fustigares com a vara, não morrerá."
Provérbios 23:13

O que você acha melhor? Esta criança ser disciplinado pela sua mãe que o ama incondicionalmente, ou futuramente por algum policial ou traficante?

"A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe."
Provérbios 29:15

Entendamos que a criança, até certa idade, não possui maturidade o suficiente para saber o que é bom para ela mesma. Caso sua mãe deixasse 'correr solto', futuramente a probabilidade que ele a envergonhe mais ainda é praticamente de 100%.

Na minha opinião, acredito que se muitas mães tivessem esta postura de educar seus filhos, mesmo que isso traga uma certa dor em seus corações por não atender aquilo que eles desejam, o mundo seria um lugar melhor, com futuros adultos disciplinados, responsáveis e que dão orgulho aos seus familiares. Deus tem prazer em abençoar Seus filhos, mas trata com rigor os mimados.

Com relação a pergunta, que questiona se concordo com a medida adotada pela mãe, SIM, eu concordo. Algumas pessoas acham que este exemplo ultrapassa o limite do exagero, chegando até ao constrangimento desnecessário da criança, mas Deus nos dá sabedoria e discernimento para cuidar de cada um dos nossos filhos, basta buscarmos isto do alto (Tiago 3:17)

"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele."
Provérbios 22:6


@thimarins

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A bíblia sabe o que faz mal ao coração

Todo mundo conhece as principais causas de doenças cardíacas: obesidade, vida sedentária, cigarro, estresse, etc. Porém, não são só esses pré-requisitos que fazem mal para o seu coração.

E alguns deles, pode acreditar, você jamais adivinharia que jogam contra a sua saúde cardíaca. O mais interessante de tudo é que observei que a palavra de Deus 'literalmente' possui respostas para todas as nossas perguntas! Abaixo segue os fatos e respectivos versículos bíblicos - inclusive para comprovações científicas:

1. Dormir após a meia noite. Estudos da clínica de saúde de Misao, no Japão, indicaram que homens, mesmo obtendo oito horas de sono, desenvolveram artérias mais rígidas do que aqueles que foram dormir mais cedo. ["Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão que penosamente granjeastes" Salmos 127:2a]

2. Adultério. Pode chamar de karma, mas pesquisadores da Universidade de Florença chegaram a resultados científicos de que pessoas que foram infiéis no casamento estavam mais suscetíveis a ataques cardíacos. Especula-se que esse resultado tenha relação com os níveis de estresse e depressão dos adúlteros. ["O que adultera com uma mulher está fora de si; só mesmo quem quer arruinar-se é que pratica tal coisa" Provérbios 6:32]

3. Não beber água. Estudiosos da Califórnia chegaram à conclusão de que homens e mulheres que bebem mais de 5 copos de água por dia correm menos risco de doenças do coração do que aqueles que bebem menos de 2 copos. A teoria é de que a desidratação faz com que o sangue fique mais grosso, entupindo artérias. ["aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna" João 4:14]

4. Viver sozinho. Uma pesquisa dinamarquesa recente sugere que o risco de doenças cardíacas duplica quando se vive completamente só. Cientistas acreditam que isso acontece devido a maus hábitos associados a quem mora sem companhia - como fumar e beber em excesso, alimentar-se mal, dormir pouco...-, que causam doenças do coração. ["Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea" Gênesis 2:18]


@thimarins

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Entrevista com Anne Graham

Anne Graham é filha de Billy Graham. Para dar referencial do peso da moral de seu pai -  Billy Graham - , na solenidade em homenagem aos mortos do atentado terrorista de 11 de setembro, que chocou o mundo, realizada em Nova York um ano após o sinistro mediante, cerimônia ecumênica, Billy Graham ali era o senhor grisalho, de fala suave, mas com este diferencial: há na voz de Billy Graham poder capaz de emudecer um estádio. Mel Gibson escolheu Billy Graham para participar da gravação da trilha sonora do filme “A Paixão de Cristo”. Trata-se, talvez, do maior ganhador de almas para DEUS ainda vivo.

Assim, numa entrevista no famoso programa americano Early Show, o entrevistador Jane Clayson perguntou a Anne Graham:

 - Como é que DEUS teria permitido, algo horroroso assim, acontecer no dia 11 de setembro?.

Anne Graham respondeu:

 - Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos, nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas. Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que ELE, calmamente nos deixou. Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua Bênção e Sua Proteção se exigimos que Ele não se envolva mais conosco. Eu sei que há muita gente mandando e-mail a respeito do dia 11 de setembro de 2001, mas um atentado assim, como o ocorrido, realmente faz você pensar. À vista dos acontecimentos recentes.... ataque terroristas, tiroteio nas escolas etc, creio que tudo começou desde que Madeline Murray O' Hare (que foi assassinada e seu corpo encontrado recentemente) se queixou de que era impróprio se fazer oração nas escolas americanas como se fazia tradicionalmente, e nós concordamos com a sua opinião.

 - Depois disto, alguém disse que seria melhor, também, não ler mais a Bíblia nas escolas. A Bíblia, que nos ensina que não devemos matar, não devemos roubar e devemos amar o nosso próximo como nós mesmos. E nós concordamos!

 - Logo depois, o Dr. Benjamin Spock, disse que não deveríamos bater em nossos filhos quando eles se comportassem mal, porque suas personalidades em formação, ficariam distorcidas, e, poderíamos prejudicar sua auto-estima (O filho do Dr. Spock cometeu suicídio). E nós dissemos: "Um perito neste assunto deve saber o que está falando", e então, concordamos com ele!

 - Depois, alguém disse que os professores e os diretores das escolas não deveriam disciplinar os nossos filhos quando eles se comportassem mal. Os administradores escolares, então, decidiram que nenhum professor, em suas escolas, deveria tocar em um aluno quando se comportasse mal, porque não queriam publicidade negativa, e não queriam ser processados (Há uma grande diferença entre disciplinar e tocar, bater, dar socos, humilhar, chutar etc). E nós concordamos com tudo!

 - Aí, alguém sugeriu que deveríamos deixar que nossas filhas fizessem aborto, se elas assim o quisessem, e que nem precisariam contar aos pais. Aceitamos esta sugestão sem ao menos questioná-la!!

 - Em seguida, algum membro da mesa administrativa escolar, muito sabido, disse que, como rapazes serão sempre rapazes, e que como homens iriam acabar fazendo o inevitável, que então, deveríamos dar aos nossos filhos tantas camisinhas quantas eles quisessem, para que pudessem se divertir à vontade, não precisando dizer aos seus pais que eles as tivessem obtido na escola. E nós dissemos, "está bem"!!

 - Depois, alguns dos nossos oficiais eleitos, mais importantes, disseram que não teria importância alguma o que nós fizéssemos em nossa privacidade, desde que estivéssemos cumprindo com os nossos deveres. Concordando com eles, dissemos que para nós não faria qualquer diferença o que uma pessoa fizesse em particular, incluindo o nosso presidente da República, desde que o nosso emprego fosse mantido e a nossa economia ficasse equilibrada.

 - Então, alguém sugeriu que imprimíssemos revistas com fotografias de mulheres nuas, e disséssemos que isto é uma coisa sadia, e uma apreciação natural da beleza do corpo feminino. E nós também concordamos!!

 - Depois, uma outra pessoa levou isto um passo mais adiante, e, publicou fotos de crianças nuas, e foi mais além ainda, colocando-as à disposição na Internet. E nós dissemos: "está bem, isto é democracia, e eles têm direito de ter a liberdade de se expressar e fazer isso"!

 - A indústria de entretenimento então disse: "Vamos fazer shows de TV e filmes que promovam profanação, violência e sexo ilícito. Vamos gravar música que estimule o estupro, drogas, assassinato, suicídio e temas satânicos". E nós dissemos: "Isto é apenas diversão, e não produz qualquer efeito prejudicial. Ninguém leva isso a sério mesmo, então que façam isso!!!"

 - Agora, nós estamos nos perguntando por que nossos filhos não têm consciência, e por que não sabem distinguir entre o bem e o mal, o certo e o errado... por que não lhes incomoda matar pessoas estranhas ou seus próprios colegas de classe ou a si próprios? Se analisarmos tudo isto seriamente, iremos facilmente compreender: nós colhemos exatamente aquilo que semeamos!!!

 - Uma menina escreveu um bilhetinho para DEUS, dizendo: "Senhor, por que não salvaste aquela criança na escola?" A resposta DELE: "Querida criança, não me deixam entrar nas escolas!!!"

 - É triste como as pessoas simplesmente culpam DEUS e não entendem porque o mundo está indo a passos largos para o inferno!

 - É triste como cremos em tudo que os jornais e a TV dizem, mas duvidamos do que a PALAVRA DE DEUS nos diz!!!

 - É triste como todo o mundo quer ir para o céu, desde que não precise crer, nem pensar ou dizer qualquer coisa que DEUS ensina!!!

 - É triste como alguém diz: "Eu creio em DEUS", mas ainda assim segue a satanás, que por sinal, também "crê" em DEUS!!!

 - Somos rápidos para julgar mas, não queremos ser julgados!

 - Como podemos enviar centenas de piadas pelo e-mail, e elas se espalham como fogo, mas quando tentamos enviar alguma mensagem a respeito de DEUS, as pessoas têm medo de compartilhar e reenviá-la a outros!!!

 - É triste ver como o material imoral, obsceno e vulgar corre livremente na Internet, mas uma discussão pública a respeito de DEUS é suprimida, rapidamente, na escola e no trabalho!!!

 - É triste ver como as pessoas ficam inflamadas a respeito de Cristo no domingo, mas depois se transformam em cristãos invisíveis pelo resto da semana!!!

 - A propósito, na última semana do junho de 2005, a Suprema Corte de Justiça dos EUA determinou que os tribunais e foros da nação retirem objetos que divulguem os Dez Mandamentos transcritos por Moisés, tudo em nome da preservação do estado laico.
 

Keep State anda Church Separated

@thimarins

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

O que vocês querem???

A palavra de Deus diz no evangelho segundo Marcos, no capítulo 15 e versículo 29 "Os que passavam blasfemavam d'Ele". Para tal afirmação, gostaria que você considerasse as pessoas que insensivelmente passaram pelo Salvador quando Ele estava pendurado na cruz. Você poderia falar "Oh, como foram insensíveis!", mas antes de nos apressarmos a julgá-los, lembremo-nos que muitos ainda o estão fazendo hoje.

 - "Mas como assim Thiago? Eu jamais faria isso!" - alguém poderia me indagar.

Será que não? Vejamos se você se encaixa em um destes três grupos:

Os que querem uma cruz sem Cristo - É possível venerar um símbolo sem o Salvador. Alguns podem apertar na sua mão uma cruz em miniatura feita de madeira ou ouro, mas esse emblema nunca expiará um pecado sequer. É apenas Cristo com o Seu sangue precioso que redime as nossas almas.

Os que querem um Cristo sem cruz - Eles querem um conquistador, não um Cordeiro agonizante. Eles gritariam: "Desce da cruz!" (Marcos 15:30). Muitos desejam um bom exemplo, um grande professor ou um rei triunfante. O evangelho deles é baseado nas obras. Menosprezam o evangelho que declara que somos justificados por fé n'Aquele que derramou o Seu sangue na cruz.

Os que não querem nem Cristo nem a Sua cruz - são insensíveis à Sua tristeza, impassíveis ao Seu sofrimento e incapazes de se arrepender dos seus pecados que Ele levou sobre Si. Nunca exclamaram como fez o compositor John M. Moore, "Todas as minhas iniquidades n'Ele foram lançadas - Ele numa cruz as pregou - as dívidas do meu pecado Jesus fez saldadas - o resgate por mim Ele pagou." - PVG


Jesus tomou o nosso lugar para que pudéssemos ter a Sua paz. Louvado seja o nome do Senhor!!!

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Extra! Extra! Você foi escolhido para julgar os anjos!


Fazendo a leitura das sagradas escrituras, me deparei com tamanha notícia! Antes de compartilhá-la, gostaria que me respondesse a seguinte pergunta:

 - Qual o papel que os filhos e as filhas de Deus desempenharão no julgamento dos anjos?

Bem, ninguém sabe ao certo, a não ser o Senhor. Contudo, de acordo com a palavra de Deus, este será o nosso trabalho nos céus!!! Qualquer um que tenha sido selecionado para julgar os anjos deve possuir um aguçado discernimento do certo e do errado, de justiça e de misericórdia. O Espírito de Deus nos capacita com tudo isso e muito mais, hoje e por toda a eternidade!

Que honra, hein?

"Não sabeis que havemos de julgar os próprios anjos? Quanto mais as coisas desta vida!"
I Coríntios 6:3

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Encontre-se!

Nos anos 70, 'encontrar-se' tornou-se uma obsessão do ocidente. As pessoas tentavam realizar esta digna empreitada por meio das drogas, da meditação, do sexo, do vegetarianismo, da música e de rebelião contra formas tradicionais de autoridade e compromisso. No entanto, a questão quem sou eu? só poderia ser respondida nos anos 70 da mesma forma que é hoje: deixando que o Criador lhe dê a resposta verdadeira.

Da mesma maneira que um artista é o único que pode explicar a verdadeira história por trás da criação de uma obra de arte, Deus é o único que pode ajudá-lo a compreender a história que está sendo vivida na obra de arte que é você!

Quanto mais você conhecer o Pai, mais claramente ouvirá a Sua voz. A medida que for compreendendo Seus planos e Seu propótivo por trás de toda a criação, mais compreenderá como você se encaixa no esquema dEle.

"nele, digo, no qual fomos também feitos herança, predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as coisas conforme o conselho da sua vontade"
Efésios 1:11

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Medo por quê? Achegue-se...

Antes de Jesus vir fisicamente a este mundo, encontrar-se com Deus era uma experiência temerosa. Até mesmo o profeta Moisés, a quem a palavra de Deus afirma que o Senhor falava como a um amigo, obteve permissão apenas para uma rápida olhada pelas costas, no momento em que Ele passava. Isto era tudo que o coração humano poderia suportar.

Quando os sumo sacerdotes, uma vez ao ano, entravam no Santo dos santos, que ficava no lugar mais recôndito (escondido, secreto, oculto) do Templo, uma corda era amarrada a um de seus tornozelos para que, no caso de morrerem na presença de Deus, eles pudesser ser puxados para fora, já que ninguém se arriscaria a entrar lá para buscá-los. Somente aqueles que estivessem limpos de seus pecados e fossem escolhidos por Deus, poderiam adentrar no Santíssimo e interceder por outros ao próprio Deus.

O sacrifício de Jesus mudou tudo. Quando Ele morreu na cruz, a cortina que mantinha o Santo dos santos separado do lugar santo e dos demais átrios do Templo foi rasgada em duas. A partir daquele momento, achegar-se a Deus não era mais privilégio  de alguns nem algo a ser temido, mas a ser esperado com expectativa e alegria.

Assim acontece nos dias de hoje. O Senhor lhe dá as boas-vindas à Sua presença com os braços abertos. Não há necessidade de ter medo dEle, mesmo que você tenha vergonha de algo que fez. Conte-lhe a respeito de sua fraqueza. Demonstre o quanto está arrependido e, então, aceite o pronto perdão do Pai.

Embora nosso Pai celestial seja o maior poder do universo e, mesmo além deste, você pode achegar-se a Ele com confiança e expectativa por causa do que Jesus realizou a seu favor.

Jovem que gosta e quer fazer a diferença, achega-se ao Pai sem medo.


"segundo o eterno propósito que estabeleceu em Cristo Jesus, nosso Senhor, pelo qual temos ousadia e acesso com confiança, mediante a fé nele."
Efésios 3:11,12